Cinema, Destination Image and Place Branding Cinema, Destination Image & Place Branding - Page 95

A MARCA ‘ROLIÚDE NORDESTINA’ COMO INDUTORA DO TURISMO CINEMATOGRÁFICO Se a associação literária, que ocasiona representações culturais, é algo recorrente em outras partes do mundo, como Praga de Kafka ou a Nova Inglaterra de Henry Thoreau, para dinamizar e promover o turismo em algumas localidades, tal atividade no Brasil é incipiente, servindo como divulgador do patrimônio natural e cultural, e se fortalecendo quando levado às telas, pois a imagem tem um forte poder significador, como veremos adiante. No caso do Sertão, em especial o Cariri, a figura do escritor e poeta Ariano Suassuna tem tido um papel crucial, pois alguns de seus livros acabaram se tornando obras fílmicas. O universo místico, baseado em literatura de cordel, do filme “O Auto da Compadecida” ou da microssérie “O Romance da Pedra do Reino”, por exemplo, com forte impacto visual, faz com que a paisagem natural tenha um papel predominante na história, e também foi crucial para a escolha do sítio selecionado. O Cariri tornou-se marcante na obra de Suassuna, assim como a obra de Suassuna é um importante divulgador da paisagem do Cariri. Assim, o município de Cabaceiras tem se tornado um destino turístico induzido pelos filmes apenas recentemente, assumindo a função de espaço de consumo e de produção. Muitos turistas que fluem em direção ao município têm interesse de conhecer os cenários de filmes famosos ou o local por onde personagens atuaram, a exemplo de João Grilo e Chicó, do “Auto da Compadecida”, anti-heróis do romance picaresco, de forte apelo popular, acrescentando uma nova categoria ao turismo fílmico, uma vertente topobiográfica. Era praxe parte da comunidade local ser convidada a participar das filmagens como figurantes, assim como a interação entre a equipe de filmagem, incluindo seu elenco e moradores. Algumas residências do Centro Histórico serviram de cenário para a obra, e hoje tornaram-se pontos turísticos para quem visita a cidade (figura 3). Até hoje, passados quase 20 anos da época da produção, os moradores ainda lembram desta participação, contando histórias aos turistas ou expondo foto- grafias que comprovam a veracidade dos fatos. O clima semiárido, com pouquíssimas chuvas, a luminosidade praticamente anual e uma paisagem inóspita, que reflete, como um cenário de estúdio, as características da mesorregião do Sertão, com seus açudes e rios intermitentes, vegetação xerófita, solo pedregoso e geoformas belíssimas são alguns dos fatores de ordem natural que afetam a qualidade técnica das produções, e que ajudam a explicar a escolha de Cabaceiras como lócus de filmagem. Ademais, a área urbana mostra um patrimônio cultural relativamente preservado, com suas pequenas casas coloridas, sua igreja e a praça, o pastor e suas cabras, as festas típicas e a return to the content page 95